sábado, 27 de junho de 2009

terça-feira, 23 de junho de 2009

Visitanto a Bienal do Rio

In Press Porter Novelli, 16/06/2009 - por Amanda Duque

BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO RIO DE JANEIRO
ABRE INSCRIÇÕES PARA VISITAÇÃO ESCOLAR

A partir de 1º de julho, o site da Bienal do Livro do Rio de Janeiro (www.bienaldolivro.com.br) terá uma área dedicada às inscrições para a Visitação Escolar. As escolas interessadas, das redes pública e particular, precisam enviar um projeto relatando seus objetivos em relação ao passeio, além de preencher um cadastro. Durante a visita, os estudantes, entre 7 e 14 anos de idade, têm a oportunidade de entrar em contato com autores, contadores de histórias e ilustradores.

A Bienal do Livro do Rio de Janeiro acontece entre 10 e 20 de setembro, no Riocentro. Os dias reservados para a Visitação Escolar são: 11, 14, 15, 16, 17 e 18 de setembro. Nesta edição, as inscrições serão feitas apenas no site oficial do evento.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Convite

Car@s colegas

É com imenso prazer que lhes convido para participar, juntamente com seus alun@s, do 4o. Seminário de literatura infantil e juvenil de Santa Catarina, a se realizar na Universidade do Sul de Santa Catarina - Unisul - Campus Pedra Branca - Palhoça - SC (município vizinho a Florianópolis), nos dias 16, 17 e 18 de setembro. O site ainda está em contrução, mas encaminho abaixo as normas para inscrição de trabalhos para que, se for de interesse, possam se organizar para estarem conosco.


Professora Doutora Eliane Debus
Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem
Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL




O IV SEMINÁRIO DE LITERATURA INFANTIL E JUVENIL DE SANTA CATARINA tem como objetivos congregar pesquisadores brasileiros envolvidos em estudos sobre literatura infantil e juvenil; propiciar que se discutam questões teóricas e aplicadas relacionadas à pesquisa em literatura infantil e juvenil; possibilitar a divulgação de estudos teóricos e aplicados que possam contribuir para releituras de diferentes enfoques e abordagens postos sobre esse objeto de pesquisa; e aproximar o professor-leitor de escritores e de suas produções literárias para ampliação de conhecimentos sobre a literatura infantil e juvenil disponível no mercado editorial.

O evento acontecerá no formato de conferências, palestras, mesa-redonda e apresentações de trabalhos na forma de Pôster e Comunicação Oral e mini-curso.

Período de realização: 16, 17, e 18 de setembro de 2009
Local: Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul – Campus Pedra Branca
Palhoça – Santa Catarina

Público-alvo: acadêmicos de Graduação e Pós-graduação dos Cursos de Letras, Pedagogia e Profissionais da área da Educação, incluindo demais licenciaturas e interessados.

Programação (em construção)

O envio de propostas de trabalhos deverá ser realizado até 10 de agosto. Deve-se preencher ficha de inscrição e enviar resumo, dentro dos critérios estabelecidos pela Comissão (ver abaixo), para o endereço literaturainfantil@unisul.br. A carta de aceite será enviada até 20 de agosto. O(a)s autor(a)s deverão enviar o texto integral até o dia 10 de setembro. Deverão também fazer o pagamento da taxa de inscrição através de depósito identificado, até o dia 10 de agosto.

* Inscrição:
- Sem apresentação de trabalho (ouvinte: vagas limitadas)
alunos de Graduação e Pós-graduação: R$ 30,00
profissionais em geral: R$ 50,00
- Com apresentação de trabalho até 10 de agosto
alunos de Graduação e Pós-graduação: R$ 50,00
profissionais em geral: R$ 80,00


Categorias de apresentação dos trabalhos:

1. Comunicação oral: decorrente de pesquisa concluída;
2. Pôster: relato de experiências ou pesquisas em andamento.
3. Mini-curso: trabalho científico ou técnico – duração de 3 horas – reduplicado (a ser apresentado no dia 17 de setembro vespertino das 13 horas e 30 min. Às 17h e 30 min. e 18 de setembro - das 19h às 22 horas)

OBS: Os trabalhos deverão ter, no máximo, três autores; cada autor poderá inscrever, no máximo, dois trabalhos, em modalidades diferentes ou na mesma, desde que em co-autoria

Normas para envio dos resumos e dos textos integrais:

Resumos (data limite 10/08/2009): (a) apresentar em forma dissertativa, de maneira clara e concisa, tema e objetivo do trabalho, fundamentação teórica e conclusões, mesmo que parciais; (b) formato do resumo: até 250 (duzentas e cinqüenta) palavras e, no final, de três a cinco palavras-chave; tipo de letra Arial, corpo 12; espaço entre as linhas 1,5; título centralizado em caixa alta; à direita, nome e sobrenome, identificação da instituição de origem entre parênteses e endereço eletrônico; (c) a medida proposta para o pôster é de 1,20m de altura e 80 cm de largura.

Texto integral (entrega em 10/09/2009): (a) letra Arial, corpo 12; espaço entre as linhas 1,5; adentramento de parágrafo 1,25; texto justificado; (b) configuração da página: margem de 3,0 cm (superior, inferior, direita, esquerda); tamanho da folha: A4; número de páginas: de 6 a 10 (pôster), de 10 a 15 (comunicação oral), incluindo a bibliografia; (c) título em negrito, centralizado; à direita, nome e sobrenome (o sobrenome primeiro, em maiúsculas), e-mail e identificação da instituição de origem entre parênteses; (d) notas ao texto: recomenda-se a utilização da seguinte norma: SOBRENOME, ano de edição, número de páginas. Ao final do artigo, referências bibliográficas com todos os dados da obra citada, seguindo as normas da ABNT.

Os Anais serão feitos em formato eletrônico e estarão instalados na página do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem e do Curso de Letras.


COMITÊ CIENTÍFICO
Professora Dra. Dilma Beatriz Juliano - Unisul
Professora Dra Ângela Balça – Universidade de Évora (Portugal)
Professora Dra. Eliane Debus – Unisul
Professora Dra. Maria Ester Moritz – Unisul
Professora Dra. Dirce Waltrick – UFSC
Professora Dra. Flávia Ramos – UNISC – Caxias do Sul
Professor Dr. Diógenes Buenos Aires – Universidade Estadual do Maranhão -UEMA
Professora Dra. Regina Michellis – UEM – RJ
Professor Dra. José Nicolau Gregório Filho – USP – SP
Professora Dra. Patrícia Kátia da Costa Pina – UFBA - BA
Professor Dr. Fernando Fraga Azevedo – Universidade do Minho – Portugal

sábado, 20 de junho de 2009

Brasil deve fazer mais pelo português

JB Online, 16/06/2009 - M.V.Grayley, Rádio das Nações Unidas

O escritor angolano, José Eduardo Agualusa, afirmou que o Brasil precisa fazer mais para divulgar a língua portuguesa no mundo. A declaração foi dada à Rádio ONU nesta terça-feira, antes da participação dele num seminário sobre o idioma na Assembleia da República em Lisboa. De acordo com o escritor angolano, o Brasil deveria seguir o exemplo de Portugal na difusão da língua. No ano passado, o Parlamento do país aprovou uma política de promoção do idioma no mundo. A iniciativa foi depois endossada pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Mas de acordo com José Eduardo Agualusa, o Brasil ainda não se deu conta da relação entre língua e poder político na hora de divulgar o seu próprio idioma. “O Brasil não está fazendo o que Portugal está, por exemplo. Portugal tem o Instituto Camões cujo objetivo é exatamente o de promover a língua portuguesa no mundo e o Brasil não tem nada equivalente”, afirmou.

* Leia mais »

Rebeldes da língua

Folha de S. Paulo, 17/06/2009 - Ruy Castro

Abgar Renault (1901-1995), um dos nossos mais subestimados poetas modernos -não necessariamente "modernistas" -, nunca aderiu às reformas ortográficas de 1943 e 1971. Até morrer, escreveu belezas como

"Quando me sumo na total ausência
do curso opaco e ascetico do somno
e não estou em mais nenhum lugar,
mil invisiveis cousas mysteriosas
talvez ocorram sobre o chão, pelo ar".

E Abgar não era um amador excêntrico. Era filólogo, um profissional da língua. Seus textos em prosa e poemas aportavam nas editoras cheios de "yy" e "ph" e eram convertidos para a ortografia vigente. Ordens de cima, diziam.

Aqui no Brasil começam a surgir sintomas dessa desobediência. O escritor Reinaldo Moraes, autor do recém-lançado romance Pornopopéia, não abriu mão do acento nem no título. E o também recente Dicionário Amoroso da Língua Portuguesa, editado por Marcelo Moutinho e Jorge Reis-Sá, com contos, poemas e ensaios de autores de Brasil, Portugal, Angola, Moçambique e Timor Leste, é uma aula prática de unidade na diversidade.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A leitura das imagens...

Rio de Janeiro

Ilustradores, unidos

O Globo, 17/06/2009 - por Joaquim Ferreira dos Santos

As editoras de livros enfrentam um novo problema: os ilustradores, principalmente os de livros infantis, querem rachar o direito autoral com os escritores. Não aceitam mais apenas um xis pelo trabalho. Pedem um percentual nas vendas, de olho na força do setor e nos grandes lotes comprados pelo governo, diz a coluna Gente Boa.


quinta-feira, 18 de junho de 2009

Buenos Aires: Capital do Livro em 2011

PublishNews - 17/06/2009 - Por Marla Cardoso

A Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) elegeu Buenos Aires como a Capital Mundial do Livro em 2011. A seleção faz parte dos esforços da agência em promover a literatura e foi realizada através de uma comissão formada pela Associação Internacional dos Editores, pela Federação Internacional dos Livreiros e pela Federação Internacional das Bibliotecas, além de representantes da Unesco. Para a escolha, foram considerados a qualidade e variedade de propostas literárias oferecidas pela capital da Argentina, que agora eleita será designada a promover o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor em 2011, comemorado em 23 de abril. Junto com Buenos Aires estavam concorrendo Lagos (Nigéria), Porto Novo (Benin), Caracas (Venezuela), Havana (Cuba), Sharjah (Emirados Árabes) e Teerã (Irã). Buenos Aires é a 11º cidade a receber esta distinção. Até o ano que vem, Beirute segue com o título, quando a Liubliana, capital da Eslovênia, assumirá o posto para celebrar as comemorações em 2010.

Lançamentos no 11º Salão FNLIJ

Dobras da Leitura recebeu...


18.jun – 15h
Pivetim
Délcio Teobaldo
(Edições SM)


18.jun – 16h
O que é qualidade em ilustração:
com a palavra do ilustrador

Ieda de Oliveira, org.
(DCL)






19.jun – 12h
Uma carta para Deus
Juan Arias, il. Helena Alexandrino
(Paulinas)



19.jun – 16h
Arabescos no vento
Roseana Murray, il. Elvira Vigna
(Prumo)





20.jun – 11h
O guarda-chuva do vovô
Carolina Moreya e Odilon Moraes
(DCL)


20.jun – 19h
Coleção Que forme!
Guto Lins
(Prumo)






21.jun – 10h
O fado padrinho, o bruxo afilhado
Anna Claudia Ramos, il. Tatiana Paiva
(Prumo)

Marília Pirillo no 11º Salão

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Contadores de Histórias:

um exercício para muitas vozes
* clique na imagem para ler o folheto


Dorothée de Monfreid na Bisbilhoteca!

Curitiba

Sangue de dragão

terça-feira, 16 de junho de 2009

No 11º Salão do Livro para Crianças e Jovens


16.jun – 12h
O manto vermelho do rei
Jonas Ribeiro, il. Sami e Bill
(Cortez)



16.jun – 14h
Vento
Elma
(Global)






16.jun – 15h
Coisas que chegam, coisas que partem
Ninfa Parreiras, il. Claudia Ramos
(Cortez)




17.jun – 11h
A pipa preta
Cristiane Dantes, il. Rogério Coelho
(Edições SM)

Reinações n'A ilha do tesouro

Porto Alegre

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O pano de boca


Lançamentos no 11º Salão FNLIJ

Dobras da Leitura recebeu...



15.jun – 12h
Outras tantas histórias indígenas
Daniel Munduruku, il. Maurício Negro
(Global)



15.jun – 14h
O pequeno crocodilo
Dave Santana
(Global)
* ler a resenha
um Croc na selva




15.jun – 15h
Encontros d’água
Ninfa Parreiras,
il. Fabiana Salomão
(Scipione)


15.jun – 16h
Um teto de céu
Ninfa Parreiras e André Neves
(DCL)

domingo, 14 de junho de 2009

Domingo no Rio


14.jun – 13h
Rua Jardim, 75
Ana Terra
(Larousse)


14.jun – 16h
Tempo de voo
Bartolomeu
Campos
de Queirós,
il. Alfsono Ruano
(Edições SM)





14.jun – 17h
A história de Clarice
Anna Claudia Ramos,
il. Tatiana Sperhacke
(Projeto)


14.jun – 18h
A menina que ia para longe
Marta Lagarta e Guto Lins
(Projeto)

sábado, 13 de junho de 2009

Mais 7 lançamentos no Salão


13.jun – 12h
As horrorosas maravilhosas
Elias José e Rosinha Campos
(DCL)



13.jun – 13h
A história da noite
Marilda dos Santos Bersor
il. Alexandre Bersor
(Prumo)






13.jun – 15h
Mas como se espevita
essa bruxa Benedita

Lenice Gomes,
il. Maurício Negro
(DCL)


13.jun – 15h
Ave do paraíso
Georgina Martins,
il. Ricardo A.
(Larousse)



13.jun -16h
O lobo e o carneiro no sonho da menina
Marina Colasanti
(Global)


13.jun – 17h
ABC do Brasil
Ana Maria Machado,
il. Gonzalo Cárcamo
(Edições SM)



13.jun – 18h
Ervilina e o Princês
Sylvia Orthof,
il. Laura Castilhos
(Projeto)

Leo, Ricardo e todas as turmas



Doido pra voar. E agora?


quinta-feira, 11 de junho de 2009

Lançamentos no 11º Salão FNLIJ

Dobras da Leitura recebeu...



11.jun – 11h
Krôko e Galinhola
Maté
(Brinque-Book)





11.jun – 14h
Rodrigo Lacerda
O fazedor de velhos
(Cosac Naify)





11.jun – 15h
Aurora
Cristina Biazetto
(Projeto)
* Saiba mais »



11.jun – 16
Col. Leituras Descoladas
Caio Riter, Luiz Antonio Aguiar,
Marilia Pirillo e Sandra Pina
(Biruta) * Saiba mais »


11.jun – 18h
Lobo de estimação
Heloisa Prieto e Janaína Tokitaka
(Projeto) * Saiba mais »


12.jun – 15h
Como é bonito o pé do Igor
Sonia Rosa, il. Luna
(DCL)

terça-feira, 9 de junho de 2009

quinta-feira, 4 de junho de 2009

A Vitrine Literária está em um novo endereço

dobrasdaleitura.blogspot.com

Dobras da Leitura O'Blog é a nova vitrine para a literatura infantil e juvenil, com resenhas e comentários de Peter O’Sagae. Em um ambiente mais dinâmico (como permite a estrutura de um blogue), o acesso aos títulos de um escritor ou ilustrador será feito em apenas um clique: tão logo escolha o nome de seu autor preferido, o leitor verá o conjunto de livros que temos comentado em uma única página. E o visitante ainda encontra espaço para registrar seu próprio comentário.

Para iniciar esta nova fase, onze resenhas foram transportadas de Dobras da Leitura, o site. Alguns textos chegam agora acrescidos de imagens — e, para completar o A-Z de Escritores e Ilustradores, foi publicada uma resenha inédita do livro O menino mais bonito do mundo, de Ziraldo.

A meta é, até o final o ano, selecionar e re-trabalhar a leitura dos melhores títulos que foram apresentados na Vitrine Literária, ao longo de todos esses anos. Ao mesmo tempo, as novidades do mercado editorial serão paulatinamente comentadas.

A partir deste mês de junho, também estamos em um novo endereço fixo para correspondência e envio de obras. Anote:

Dobras da Leitura Gabinete de Idéias
Rua Sampaio Viana, 125 / 33
04.004-000 Paraíso - São Paulo SP

* As demais dobras do site continuam acessíveis através deste portal.

Últimas vagas


11º Seminário FNLIJ de Literatura Infantil e Juvenil

AS CORES E AS LETRAS
DA LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
NA FRANÇA E NO BRASIL


Programação


2ª FEIRA, 15 de junho
UM PANORAMA DO LIVRO E DA LEITURA
PARA CRIANÇAS E JOVENS NA FRANÇA
(tradução simultânea do francês para o português)

9h00
Abertura

10h00

Exibição do documentário Era uma vez um Salão...,
dirigido por Belisário Franca e produzido pela Giros.

10h30 às 12h00
Aspectos da Literatura Juvenil na França
* Nathalie Beau - Biblioteca Nacional da França - Centro Nacional de Literatura para Crianças e Jovens/La Joie par Les Livres - IBBY/França
Uma visão da edição, dos mercados e dos públicos brasileiro e francês
* Gilles Eduard, autor de livros no Brasil e na França
* Mediadora: Leny Werneck, autora de livros para crianças e jovens publicados no Brasil e na França, jornalista e tradutora

13h30 às 16h30
Autores Franceses apresentam seus Trabalhos
Ler é brincar
* Olivier Douzou, criador de livros de imagens
Dois autores para a juventude, dois universos: retratos/imagens cruzados
* Vincent Cuvellier e Timothée de Fombelle
Como nascem os livros
* Dorothée de Monfreid, autora de livros de imagens para crianças
* Mediadora: Nathalie Beau

16h30
Autógrafos e coquetel oferecido pelas editoras:
SM, Cosac Naify, WMF Martins Fontes e Rocco.


3ª FEIRA – 16 de junho
40 ANOS, 5 ESTRELAS

9h30 às 11h30
FLICTS, de Ziraldo - Inaugura uma História de Sucesso
40 anos de Ziraldo na história do livro para criança no Brasil: concepção inaugural a partir de Flicts.
* Vânia Maria Resende, educadora, doutora em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela USP, com tese sobre a obra literária de Ziraldo.
Flicts, um poema exato
* Maria Gessy, escritora e autor, roteirista de cinema, tv e teatro.
* Mediadora: Isis Valéria, Membro do Conselho Diretor da FNLIJ

13h30 às 15h30
O início com Ruth Rocha, Ana Maria Machado e Joel Rufino dos Santos
Ruptura e Subversão na Literatura para crianças.
* Maria Luisa Machens - Professora universitária na área de Português/Inglês e Literaturas (brasileira, portuguesa, americana e inglesa) - Mestrado em Literatura
A revolução no ensino de Língua Portuguesa depois da Recreio
* Heloisa Padilha - Mestre em Educação, consultora do Núcleo de Leitura da Academia Brasileira de Letras
* Mediadora: Elizabeth Serra, Secretária Geral da FNLIJ

15h30 às 16h30
João Carlos Marinho, Pioneiro da Literatura Juvenil no Brasil
* Laura Sandroni – escritora

16h30 às 18h00
Autógrafos e coquetel oferecido pelas editoras:
Moderna, Melhoramentos e Global


4ª FEIRA: 17 de junho
VI Encontro de Autores Indígenas:
Oralidade Indígena e Novas Tecnologias da Memória

Tema: Caminhos da Memória

9h00
Abertura

10h00 às 11h00
Memória, Oralidade e Literatura.
Como os povos indígenas vão se apossando de novos instrumentais, sejam sociais ou acadêmicos, para estabelecer parâmetros de coexistência entre as sociedades.
* Graça Graúna, Doutora em Literatura
* Marcos Terena, Liderança e diretor do Memorial dos Povos Indígenas de Brasília
* Severiá Xavante, Professora de Língua e Literatura brasileira
* Mediador: Ely Macuxi

Intervalo: Indígenas Contando Histórias

11h às 12h
Memória, Oralidade e Artes: grafismo, dança, música e ritual
O pensamento de artistas e agentes culturais indígenas no processo das apresentações da arte e da cultura indígenas.
* Siridiwê Xavante, Coordenador do Instituto das Tradições Indígenas – IDETI / * Luciana Kaingang, Artista Plástica e Graduanda em Biologia pela UPF. Atua como educadora social no Ponto de Cultura Kaingang
* Xohã Karajá, Artista Plástico e arte-educador.
* Mediadora: Eliane Potiguara

Tema: Novas Tecnologias da Memória

14h00 às 16h00
Memória: Imagem em ação. Como os indígenas têm buscado atualizar a memória ancestral a partir do domínio das tecnologias ocidentais nos mais variados campos da ciência.
* Athya Pankararu, Diretor da ONG Indiosonline, que utiliza a internet para divulgação dos conhecimentos ancestrais
* Isabel Taukane, Coordenadora da iniciativa “Círculo dos saberes”, que reúne jovens de diferentes povos do Mato Grosso com o objetivo de reavivar a cultura tradicional
* Mediador: Ailton Krenak, Jornalista, diretor do Núcleo de Culturas Indígenas e da “Aliança dos Povos da Floresta”.

16h00 às 17h00
Mostra de Filmes Indígenas
* ONG Vídeo nas Aldeias, registro de imagens dos diversos saberes tradicionais.


Informações

A inscrição para os 3 dias do Seminário será no valor de R$ 50,00 até o dia 10 de junho, podendo ser realizadas através de e-mail: seminario@fnlij.org.br, por tel.: (21) 2262-9130 ou pessoalmente na sede da FNLIJ (Rua da Imprensa, 16 / 1212 a 1215, no Centro - Rio de Janeiro). A partir desta data o valor será no valor de R$ 80,00 e as inscrições somente serão realizadas no 11º SALÃO. FNLIJ.

Ana Maria Machado é destaque no Salão da FNLIJ

Vanessa Gonçalves

Leitura em Debate retorna neste mês

Boletim Fundação Biblioteca Nacional - Edição 142

No dia 25 de junho, o projeto Leitura em Debate recomeça, na Biblioteca Nacional. Em seu segundo ano, o projeto traz três convidados a cada encontro e conta com a mediação da escritora Anna Claudia Ramos. “A leitura das imagens no livro para crianças e jovens” é o tema do painel de reestreia: Maurício Veneza, Rui de Oliveira e Guto Lins discutirão o papel do ilustrador em livros infanto-juvenis e as tendências do mercado para a profissão.

Os encontros Leitura em Debate são mensais. Eles discutem a formação de novos leitores e a literatura infantil e juvenil em seus diversos aspectos. Evento gratuito que acontece no Auditório Machado de Assis da Fundação Biblioteca Nacional (Rua México, S/N. Entrada pelo jardim). Informações: (21) 2220-2356 ou 2220-2599. O contato também pode ser feito pelo e-mail eventos@bn.br.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Comemorações AEI-LiJ


* Como acontece desde 2000, o estande da AEILIJ estará presente no 11º Salão FNLIJ do Livro Para Crianças e Jovens. Este é um espaço que vem se transformando ao longo dos anos em ponto de encontro de associados e lugar de reuniões com editores, etc. Nesse ano, o Salão acontece entre os dias 10 e 21 de junho de 2009, no Centro Ação da Cidadania, no Rio de Janeiro/RJ.

* O estande da AEILIJ abrigará a 4ª edição da exposição Cores e Formas que Contam Histórias que, neste ano, conta com a participação de 25 ilustradores associados e um folder bilíngue. A exposição já recebeu convites para viajar pelo Brasil em eventos ligados ao livro e continua com espaços na agenda para novos convites.

* No dia 18 de junho, como parte da programação oficial do Salão, a AEILIJ promoverá o 1º Discussões AEILIJ, reunindo autores (da palavra e da imagem) em debates sobre o nosso ofício. O evento será aberto a autores, educadores, mediadores de leitura e interessados em geral.
* Cf. programação.

* Outros eventos estão sendo programados por nossos representantes regionais e serão divulgados no devido tempo. Acompanhe pelo site da AEILIJ (www.aeilij.org.br) e pelos blogs regionais.